terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Represa do Pau do Oco

Placa alusiva à inauguração
Uma das condições para a sobrevivência de uma cidade é o seu abastecimento de água. Dessa forma a questão das águas é sempre uma preocupação para autoridades. Em Lima Duarte, a primeira adutora de água foi localizada na Fazenda do Tenente Coronel João de Deus Duque (hoje Recanto dos Duque), que por sua localização e pouco volume, logo se tornou insuficiente. Logo depois é captado o manancial de Carlos Moreira (pai de Análio Moreira), o qual serve a cidade por muitos anos com sucesso. Com o crescimento da cidade, torna-se necessário captar outras nascentes, sendo assim feito no Matadouro e na Beira Rio. Porém a demanda cada vez maior fez surgir a necessidade de uma nova adutora. A solução foi captar água no Córrego Bom Retiro, acima do Bairro Afonso Pena. Em 04 de Novembro de 1972, o prefeito Antonio Marciano de Paula Filho inaugurava a nova adutora de Lima Duarte, situada acima do Bairro Afonso Pena
O vertedouro da Barragem
e a casa do Tomador de Conta

 Alí, por meio de tubulação de amianto, a mais moderna para a época, a água era levada até a estação de Tratamento de Água na Vila Belmira, onde era submetida a decantação e passagem por filtro de areia, suficientes para purificar a água nas condições exigidas para a época. Da Vila Belmira era conduzida até a caixa d'água do Alto da Matriz, onde era distribuída por gravidade a toda a cidade. Paralelamente, a prefeitura iniciou a abertura de poços artesianos, um na Barreira, e frente à Escola Pedro Paz, e outro na esquina da Santa Casa (Prezinho). Mais tarde seria construída a Adutora da Cachoeira do Sossego e a da Samambaia, assuntos para outras páginas. Com a adição de novos mananciais a represa do Pau do Oco seria abandonada posteriormente e seu lago assoreado e 
Vista lateral da Barragem
tomado pelo mato. Em seguida, seria construída a montante a Usina de Triagem e Compostagem de Lixo. O local é belo, e tem potencial para sediar um Parque público de lazer, inclusive com instalação de benfeitorias e arborização do entorno. Possui bela queda d'água e uma boa vista dos arredores, além de estar muito próximo da cidade. Sua implantação seria um termômetro vivo para mensurar os danos e resultados da Usina de Lixo, obra muito contestada por sua localização, sepultando várias nascentes...
Talvez seja por isso que ninguém cuida mais da represa... Que dizem, já foi muito bonita!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário